Hotel Eva passa a funcionar como “hotel escola”

Hotel Eva passa a funcionar como “hotel escola”

A Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo (ESGHT) da Universidade do Algarve e o Hotel Eva, Grupo AP Hotels & Resorts, estabeleceram um protocolo que prevê que esta unidade hoteleira de quatro estrelas, situada no centro de Faro, possa acolher os estudantes da licenciatura em Gestão Hoteleira como “hotel de aplicação”.

O protocolo agora firmado vem no seguimento de testes previamente realizados nos últimos dois anos com grupos restritos de estudantes que, em interação com o staff do hotel, participaram em atividades de treino, sob coordenação da direção do hotel e do diretor desta licenciatura.

Em regra, a formação engloba a componente teórica, seguida da aplicação laboratorial nas instalações da Universidade (em colaboração com os Serviços de Ação Social), e agora a formação aplicada em contexto de trabalho no Hotel Eva.

Desde a reestruturação do plano de estudos, que ocorreu em 2015, que o curso aumentou o número de unidades curriculares (disciplinas) em aplicação laboratorial, nomeadamente: Técnicas de Receção e Alojamento I e II, Técnicas e Práticas de Produção e Serviços I e II, Gestão de Alojamentos, Gestão de Alimentação e Bebidas, e Gastronomia e Enologia.

A formação adicional na licenciatura em Gestão Hoteleira regista também uma forte componente na área das línguas (inglês, alemão e francês), informática, contabilidade, finanças, economia e métodos quantitativos, entre outras.

Recorde-se que, para obter a licenciatura, os estudantes ainda terão que fazer o estágio curricular obrigatório (mínimo 2 meses) no final do 3º ano. Os estágios são obrigatórios em todos os cursos de licenciatura e TeSP (Técnicos Superiores Profissionais) da ESGHT, pertencente ao ensino politécnico da Universidade do Algarve, onde existe a preocupação de fomentar um ensino aplicado e próximo da realidade das empresas.

Segundo o diretor da ESGHT, professor Hélder Carrasqueira, «a colaboração com o Hotel Eva permite assim reforçar o “saber fazer” dos licenciados em Gestão Hoteleira».