Apresentação
O curso de mestrado em Direção e Gestão Hoteleira, tendo como referência a valorização de capacidades académicas e a ênfase no desenvolvimento pessoal e profissional dos mestrandos, tem como objetivos:
  • Desenvolver competências científicas e técnicas no domínio da gestão hoteleira, fundamentais a um desempenho profissional eficiente, criativo e inovador
  • Dotar os mestrandos de competências, comportamentos e técnicas que lhes permitam gerir, de forma integrada, as atividades no domínio da gestão hoteleira e compreender melhor outras atividades do universo do turismo, com as quais se relacionam
  • Contribuir para o exercício de funções de diretor/gestor de topo, a nível de gestão de operações, gestão financeira, gestão recursos humanos, comercialização dos produtos turísticos e dos serviços prestados pelas empresas hoteleiras
  • Contribuir para capacitar profissionais de outros sectores, nomeadamente da banca, seguros, imobiliária e TIC, com interesse em conhecer o funcionamento das empresas hoteleiras, para efeitos de avaliação de risco, financiamento, rendimento imobiliário ou soluções tecnológicas específicas para este negócio

Últimas Edições

 

1ª edição (2012/14)

2ª edição (2013/15)

3ª edição (2014/16)

4ª edição (2015/17)

5ª edição (2016/18)

6ª edição (2017/19)    

7ª edição (2018/20)

8ª edição (2019/21)

9ª edição (2020/22)

Número de candidatos

38

48

33

40

41

40

40

36

50

Número de inscritos

36

31

29

35

33

25

25

31

30

Legislação Aplicável

Criado em 2012 (Despacho 12602/2012, DR, 2ºs, n.º 187 de 26 de setembro).

Propinas e taxas 2021/2022

Candidatos nacionais: 3000 Euros (1.º ano- 2000 Euros; 2.º ano- 1000 Euros) 

Candidatos internacionais*: 4000 Euros (1.º ano- 2500 Euros; 2.º ano- 1500 Euros)

Taxa de candidatura: 50 Euros

Taxa de Inscrição e Seguro Escolar: 175 Euros

Nota: A propina deste curso pode ser paga em 10 prestações, sendo a primeira no ato da matrícula e as restantes nos meses de outubro, novembro, dezembro, janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho.
 

* de acordo com o Decreto-lei n.º36/2014, alterado pelo Decreto-Lei nº 62/2018, de 6 de agosto, são considerados estudantes internacionais os nacionais de um estado que não seja membro da União Europeia e que residam legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no ensino superior.

As candidaturas aos cursos de Mestrado são efetuadas através do Portal de Candidaturas.
Documento
 
Saídas Profissionais

Contribuir para o exercício de funções de diretor/gestor de topo, a nível de gestão de operações, gestão financeira, gestão recursos humanos, comercialização dos produtos turísticos e dos serviços prestados pelas empresas hoteleiras e outras relacionadas com o Turismo.

"A escolha de ser aluno UAlg tem-se revelado cada vez mais acertada com o tempo.  A dinâmica, as iniciativas e a capacidade inovação da Universidade, têm-na colocado em destaque quer a nível nacional, como internacional, revelando a importância que dá às tendências atuais da formação académica."

Durvalino Ribeiro

Direção e Gestão Hoteleira